R. Álvaro Ramos, 200
Botafogo – Rio de Janeiro / RJ
Cep: 22.280-110

+55 (21) 2275-7373
+55 (21) 98054-7056
+55 (21) 98478-2092

BLOG - Artigo

É seguro fazer rinoplastia?

Compartilhe

Antes de se submeter a uma rinoplastia ou a qualquer outra cirurgia plástica, é muito comum que as pessoas tenham receio e mostrem preocupações sobre a segurança do procedimento. A cirurgia de nariz raramente traz maiores complicações para o paciente, mas, apesar de seguro, é um procedimento complexo e deve ser realizado por cirurgiões plásticos experientes e qualificados, em ambientes hospitalares ou clínicas especializadas. 

 

Antes de mais nada, para saber se é seguro fazer uma cirurgia no nariz, é fundamental que o paciente passe por uma avaliação completa e detalhada com o cirurgião plástico. Durante a consulta pré-operatória, o cirurgião irá revisar o histórico médico do paciente, realizar um exame físico minucioso e discutir as expectativas e preocupações individuais. Essa avaliação é essencial para garantir que o paciente esteja em boas condições de saúde e que as expectativas sejam realistas.

 

Durante a cirurgia, todos os cuidados necessários são tomados para garantir a segurança do paciente e a equipe está preparada para lidar com qualquer eventualidade que possa surgir durante o procedimento. A escolha de um cirurgião plástico experiente é fundamental para evitar complicações, que podem incluir sangramento, infecção, assimetria, cicatrizes visíveis, alterações na sensibilidade do nariz, e reações adversas à anestesia.

 

Qual anestesia é usada para rinoplastia?

 

A rinoplastia é uma cirurgia que dispõe de diversas técnicas, que variam dependendo dos objetivos e das especificidades do paciente. A escolha do tipo de anestesia dependerá sobretudo do procedimento a ser realizado. Em boa parte dos casos, opta-se pela anestesia geral, mas em rinoplastias mais simples, o cirurgião plástico poderá optar pela anestesia local. 

 

Anestesia local para a rinoplastia - Como é aplicada? Essa aplicação dói?

 

Antes de aplicar a anestesia local, o cirurgião pode administrar um anestésico tópico para minimizar o desconforto da agulha durante a injeção. Em seguida, a solução anestésica é injetada na região do nariz onde serão realizadas as incisões e o trabalho cirúrgico. O objetivo é bloquear a sensação de dor e proporcionar um procedimento mais confortável para o paciente.

 

A aplicação da anestesia local na rinoplastia é bem tolerada pelos pacientes. Algumas pessoas podem descrever uma leve pressão ou um ligeiro desconforto no momento da injeção, mas é transitório e geralmente diminui rapidamente. A experiência de dor ou desconforto pode variar de pessoa para pessoa e é fundamental comunicar qualquer incômodo ao cirurgião plástico para que medidas adicionais possam ser tomadas para garantir o máximo conforto durante o procedimento.

 

Anestesia geral para a rinoplastia - É perigoso?

 

Muitas pessoas têm medo da anestesia geral, mas grandes avanços na tecnologia e nas práticas médicas tornaram a anestesia geral cada vez mais segura ao longo dos anos, especialmente quando o procedimento é realizado por anestesiologistas experientes e em um ambiente cirúrgico adequado. 

 

Os anestesiologistas são especialistas treinados em avaliar os riscos e fornecer cuidados adequados durante a anestesia geral. Eles monitoram constantemente os sinais vitais do paciente e ajustam a medicação para garantir um procedimento seguro.

 

A anestesia geral pode deixar o paciente mais confortável durante o procedimento, e apresenta alguns benefícios como analgesia, amnésia e relaxamento muscular. Antes de uma rinoplastia ou qualquer procedimento cirúrgico, é essencial que o paciente discuta e entenda todas as alternativas com o cirurgião para que possa tomar uma decisão informada.

Quais são as pessoas que não podem fazer rinoplastia?

 

Alguns fatores podem ser considerados impeditivos para que um paciente realize uma rinoplastia:

 

Idade inadequada: A rinoplastia é geralmente recomendada para pacientes que já atingiram a maturidade esquelética, não sendo recomendada para menores de 14 anos. Você pode saber mais no artigo Qual a melhor idade para fazer rinoplastia?

 

Condições médicas não controladas: Certas condições médicas, como doenças cardíacas, pulmonares, renais, diabetes descompensada ou pressão arterial elevada não controlada podem aumentar os riscos associados à cirurgia e à anestesia. É importante que essas condições sejam avaliadas e controladas antes de se submeter a uma rinoplastia.

 

Tabagismo: O tabagismo pode afetar negativamente o processo de cicatrização e aumentar os riscos de complicações durante e após a cirurgia. Os fumantes são aconselhados a parar de fumar pelo menos algumas semanas antes da cirurgia e evitar fumar durante o período de recuperação. Saiba mais sobre o que o paciente não pode fazer antes e depois da rinoplastia.

 

Expectativas irreais: Ter expectativas realistas é fundamental na rinoplastia. O cirurgião plástico discutirá os resultados realistas e possíveis limitações durante a consulta inicial.

 

Instabilidade emocional: A rinoplastia é um procedimento cirúrgico que requer um comprometimento emocional e físico significativo. É importante que o paciente esteja emocionalmente estável e capaz de lidar com o processo de recuperação.

 

Além desses fatores, o cirurgião plástico levará em consideração a saúde geral do paciente, histórico médico, histórico cirúrgico anterior e qualquer condição pré-existente que possa afetar a segurança e os resultados da cirurgia. Cada paciente é único, e a avaliação individual é essencial para determinar se a rinoplastia é adequada. É fundamental ter uma consulta pré-operatória completa com um cirurgião plástico qualificado para avaliar sua elegibilidade e discutir todas as suas preocupações e expectativas.

 

É possível afinar o nariz naturalmente ou com exercícios?

 

Muitas pessoas desejam modificar a aparência do nariz sem terem que se submeter a uma cirurgia, mas afinar o nariz naturalmente ou através de exercícios específicos não é uma possibilidade realista. Alguns sites e fontes não científicas podem promover exercícios faciais como uma forma de afinar o nariz. No entanto, esses métodos não têm base científica sólida e podem ser enganosos. 

A anatomia do nariz é única para cada indivíduo. Sua forma é determinada pela estrutura óssea e cartilaginosa subjacente, e sua aparência é influenciada pela pele que o cobre. Exercícios faciais ou técnicas de massagem não podem alterar esses fatores genéticos ou a estrutura do nariz.

 

Se alguém estiver insatisfeito com a aparência do nariz e desejar afiná-lo ou fazer outras modificações, a rinoplastia é o caminho mais eficaz. Lembre-se de que a cirurgia de nariz é um procedimento sério que requer uma decisão cuidadosa e uma consulta detalhada com um profissional especializado. É essencial compreender os riscos, as expectativas realistas e os cuidados pós-operatórios necessários antes de prosseguir com qualquer intervenção cirúrgica.

 

Em resumo, a rinoplastia é um procedimento seguro quando realizado por um cirurgião plástico qualificado em instalações adequadas. É essencial que o paciente esteja em boas condições de saúde e siga todas as orientações do cirurgião para garantir os melhores resultados possíveis. Uma consulta detalhada com um cirurgião experiente é fundamental para esclarecer quaisquer dúvidas e preocupações individuais antes de decidir fazer a rinoplastia.

+55 (21) 2275-7373
+55 (21) 99697-9667 (Coord. Pacientes)

Rua Álvaro Ramos, 200 – Botafogo 
Cep: 22.280-110
Rio de Janeiro / RJ
Brasil

Acompanhe
nossa Fanpage.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Compartilhe.